Ligue Agora! (11) 4902-9052

O que analisar na hora de escolher o seu plano odontológico

o-que-analisar-na-hora-de-escolher-o-seu-plano-odontologico

O nosso sorriso é um excelente cartão de visitas, portanto é importante que cuidemos dele com o mesmo carinho que temos com o restante do nosso corpo. Além da parte estética, manter a saúde bucal previne doenças e outros problemas que afetam até mesmo outras partes do nosso corpo. Você sabia que uma cárie pode provocar até mesmo dores de cabeça?

Se você está descoberto por um plano odontológico e deseja encontrar um que atenda as suas necessidades, fique de olho nas dicas a seguir. Veja agora o que analisar na hora de escolher o seu plano odontológico.

ANTES DA PESQUISA
Com ou sem vínculo ao plano de saúde

O plano odontológico pode ou não ser vinculado a um plano de saúde. Você pode se informar para ver se há, de fato, alguma vantagem no fato dele já ser vinculado.

Interrupção no tratamento

Tenha a consciência de que, caso o plano odontológico descredencie o profissional com quem você está fazendo o tratamento, será necessário buscar outro para dar continuidade. Ou pagar esse profissional por fora caso queira continuar com ele.

Imposto de renda

O plano odontológico é dedutível do imposto de renda. Anualmente você tem o direito de solicitar ao plano a declaração de tudo que foi pago para poder deduzir dos seus impostos.

Fique de olho nas suas necessidades

Busque pelo plano que você precisa e não somente pelo mais barato, pois os procedimentos mais simples geralmente já estão contemplados na cobertura. O mesmo já não acontece quando falamos de procedimentos mais complexos, como canal ou cirurgias.

DURANTE A PESQUISA DO PLANO
Busque mais informações sobre a reputação da operadora

Desconfie de ofertas imperdíveis. Com saúde, não se brinca. Procure informações sobre a reputação da operadora do plano em sites como o Reclame Aqui e também na Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Confirme com os seus profissionais

Se você já é atendido por profissionais de sua confiança, busque mais informações com eles. Aproveite para checar se eles também atendem o plano odontológico que você deseja. Clínicas de exames também podem ser consultadas.

COM O CONTRATO EM MÃOS
Leia o contrato com bastante atenção

O contrato do plano odontológico deve especificar todos os prazos de carência e possíveis tarifas extras a serem cobradas. Outro ponto a ser verificado é se, em um determinado prazo, essas tarifas tendem a aumentar.

Todas as informações devem estar no contrato

O contrato precisa ser extremamente detalhado em relação ao que foi proposto pelo plano odontológico, pois será o seu respaldo caso aconteça qualquer problema. Exija uma cópia desse contrato e destaque os pontos mais importantes dele.

Cobertura de procedimentos estéticos

Os procedimentos estéticos geralmente não fazem parte da cobertura do plano odontológico. Caso você queira, busque por um plano que tenha essa cobertura ou que facilite o seu acesso a ela.

Fique de olho na cobertura

Dependendo do plano odontológico, a cobertura pode ser regional ou nacional. Escolha de acordo com as suas necessidades.

Certifique-se dos valores de tratamento

Nos planos de coparticipação, você deve pagar uma porcentagem do valor do procedimento que foi feito. Antes de aceitar fazer determinados procedimentos pelo plano, consulte o preço avulso. Às vezes sai mais em conta.

A escolha do plano odontológico deve ser feita de maneira consciente, jamais às pressas. Faça uma boa escolha e cuide da sua saúde bucal.

E você? Já escolheu o seu plano odontológico? Conte para a gente quais são os critérios que mais importam nessa escolha.

Solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos. Clique aqui.