Ligue Agora! (11) 4902-9052

Novembro Azul: você sabe qual é a importância da campanha para a saúde dos homens?

Falta de informação, sentimento de perda da masculinidade, medo dos exames, sensação de invulnerabilidade e negligência. Essas são algumas das muitas razões que levam os homens a empurrarem para debaixo do tapete uma delicada questão de saúde: a prevenção ao câncer de próstata.

Ao contrário das mulheres, que costumam falar sobre suas questões de saúde e assumem a necessidade de realizar consultas médicas e exames, grande parte dos homens ainda tende a ignorar ou esconder seus problemas.

Foi para combater esses tabus que nasceu a campanha Novembro Azul, que procura informar e conscientizar sobre a importância do cuidado com a saúde masculina. Quer saber mais sobre esse importante evento? Continue a leitura e confira:

Incidência do câncer de próstata

Negligenciar a saúde pode custar caro. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2016 serão registrados mais de 61 mil novos casos no Brasil. No ano de 2013, foram registradas 13.772 mortes devido à doença. Preocupante, não?

O câncer de próstata é o sexto mais comum no mundo. Entre a causa de mortes entre os homens, ele ocupa o terceiro lugar. Nas estatísticas relacionadas ao câncer, ele é o segundo que mais causa óbitos entre os brasileiros.

Inimigo silencioso

O principal motivo para esse índice de mortes é a baixa adesão masculina a ações preventivas, como a realização de exames de sangue ou o conhecido toque retal. O constrangimento que a maioria dos homens sente nesta situação é a principal razão para a evasiva dos homens.

Como a doença avança silenciosamente durante os estágios iniciais, não apresentando sintomas expressivos, sem esses exames preventivos o problema pode ser descoberto tarde demais — quando o tumor já cresceu demais e pode ter se espalhado por outros órgãos.

Mas como reverter a situação? Como fazer com que os homens deixem de lado seus próprios preconceitos e realizem a única ação que pode salvá-los — o exame?

Novembro Azul: movimento em prol da vida

Para tentar solucionar este problema, o Instituto Lado a Lado pela Vida iniciou, em 2008, um movimento para discutir os temas relacionados ao câncer de próstata.

Depois de quatro anos, a instituição se inspirou no Movember, movimento internacional dedicado aos mesmos propósitos e à arrecadação de fundos para o combate à doença, e passou a dedicar todo o mês de novembro a mobilizações focadas na saúde do homem.

Dessa forma, surgiu no Brasil o movimento Novembro Azul.

Ações da campanha Novembro Azul
1. Iluminações:

Para chamar a atenção para esta necessidade, prédios e monumentos importantes são iluminados com a cor azul durante este mês. Esta é uma forma de garantir que o tema ganhe destaque e receba os holofotes necessários à tomada de consciência.

2. Palestras:

Essas apresentações que levam informações sobre prevenção são realizadas em locais públicos, privados e empresas.

Através delas, médicos e especialistas alcançam homens de diversos públicos, em várias cidades do país.

3. Rodas de conversa:

Nesses eventos, psicólogos, pacientes e acompanhantes trocam informações sobre o diagnóstico e o tratamento do câncer de próstata. Além de se tornarem conscientes, esses indivíduos se tornam multiplicadores desse conhecimento.

4. Circuitos de saúde:

Eventos realizados em locais de grande circulação, que oferece exames gratuitos e distribui materiais informativos.

Além dessas ações realizadas pelo instituto criador do movimento no Brasil, o tema ganha destaque na mídia durante o mês de novembro, favorecendo a conscientização.

Como diagnosticar o câncer de próstata

Embora temidos pelos homens, o diagnóstico é feito através de exames simples, como a dosagem do PSA (Antígeno Prostático Específico, na sigla em inglês) através do sangue ou o toque retal. Caso seja detectada alguma alteração, uma biópsia determina se existe, de fato, um tumor maligno.

Quando o resultado é positivo, outros exames laboratoriais são necessários para determinar o tamanho do tumor e a ocorrência ou não de metástases.

Apesar de ser um diagnóstico que costuma assustar, o fato é que o câncer de próstata é bastante comum e a boa notícia é que, quando detectado no início, as chances de cura são realmente muito grandes.

Entendeu por que a campanha Novembro Azul é tão importante para os homens? Que tal compartilhar esse post nas suas redes sociais para conscientizar os amigos sobre os cuidados com a saúde masculina? Nos vemos por lá!