Ligue Agora! (11) 4902-9052

Plano de saúde para idosos: saiba como escolher e conheça seus direitos!

Os idosos são o grupo dos que mais sofre com os planos de saúde. Além de pagarem os preços mais altos, eles precisam manter os olhos bem abertos para a operadora do plano, que pode aumentar o valor da mensalidade sem aviso prévio ou até encerrar a cobertura.

Ano após ano, as taxas dos planos de saúde são reajustadas. Apesar do percentual do reajuste geral ser sempre divulgado, o reajuste por faixa etária raramente é informado pelas operadoras. Como hoje em dia grande parte dos usuários dos planos de saúde estão acima dos 60 anos, é fundamental que as famílias fiquem atentas a esses reajustes para fugir dos preços abusivos e de outras violações de seus direitos.

Confira agora um pouco mais sobre o plano de saúde para idosos e veja como escolher o ideal para a sua família:

Migração do idoso após os 60 anos

Algumas operadoras de plano de saúde continuam a realizar uma prática muito comum, ainda que não seja permitida: a expulsão do idoso do convênio quando ele completa 60 anos de idade. Essa prática obriga o conveniado a migrar para um outro plano, que muitas vezes chega ao dobro do preço.

A ANS (Agência Nacional de Saúde Supementar) afirma que não é permitida a quebra de contrato devido a alta sinistralidade ou em caso de doença pré-existentes. Apesar de muitos órgãos de Justiça do país considerarem a prática ilegítima, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que ela até pode ser realizada, desde que não seja abusiva e que exista a boa fé, respeitando a lei e suas cláusulas contratuais.

Negativa de procedimentos de alto custo

Além da migração dos idosos para planos de saúde com taxas mais caras, existe também a prática de negar alguns procedimentos médicos que possuem um custo mais elevado, havendo ainda, em muitos casos, maior espera por atendimento.

Grande parte das operadoras de plano de saúde nega a realização de procedimentos mais caros. O abuso em alguns casos chega a ser tão grande que o Tribunal de Justiça de Pernambuco resolveu editar a súmula de número 35, que determina o pagamento de indenização para casos de negação de procedimentos num valor que varia de 5 até 10 mil reais.

Os idosos também são o grupo que mais sofre com a burocracia e a injustiça nos planos de saúde, sendo responsáveis por 31% dos processos realizados na justiça contra as empresas de plano de saúde coletivos.

Cuidados na hora de escolher um plano de saúde para idosos

É importante buscar analisar se os profissionais que trabalham na empresa contratada são capacitados e possuem formação adequada, se são credenciados e possuem competência profissional para lidar com os idosos. Além disso, quanto maior for o quadro de profissionais médicos, melhor será para o idoso.

Também é importante que a equipe conte com profissionais de formações variadas, como fisioterapeutas, nutricionistas e até educadores físicos. Tendo um serviço com grande variedade de profissionais, a qualidade do atendimento poderá ser bem superior!

E você, o que observa para escolher um plano de saúde? Confira agora as 8 dicas para escolher plano de saúde para idosos que separamos para você!

Clique aqui e solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos.