Ligue Agora! (11) 4902-9052

Plano Odontológico, vale a pena ou não? Saiba aqui!

plano-odontologico-vale-a-pena-ou-nao-saiba-aqui

Com a crise que assola o Brasil, fica muito difícil não cortarmos os gastos. Mas como sabemos que o país não possui uma infraestrutura adequada para os tratamentos de saúde, cancelar o plano de saúde está fora de questão.

Mas e quanto ao plano odontológico? Será que vale a pena ter um? A resposta vai depender de quantas vezes você usa os serviços de um dentista. Se você e sua família necessitam de atendimentos periódicos, vale a pena começar a entender melhor sobre esses planos.

Saiba aqui e agora se um plano odontológico vale a pena.

Como funciona um plano odontológico?

O plano odontológico pode funcionar em parceria — ou não — com o seu plano de saúde. Ao adquirir um plano odontológico, você poderá fazer tratamentos de canal, restaurações, consultas, limpezas, extração de dentes, tratamentos na gengiva, entre outros serviços.

Ao procurar por um plano, veja quais os tipos de tratamento ele cobre e sua carência. Em alguns casos, a carência para tratamentos mais delicados varia de 120 a 180 dias, e para consultas simples pode ser de 24 horas até 30 dias.

Os planos odontológicos são caros?

Não, os planos odontológicos em relação ao custo-benefício são bem baratos. Os valores variam de acordo com o plano escolhido e vão de R$25 até R$105. Se você não vai ao dentista regularmente é uma boa opção, pois após a consulta, sempre há diversos tratamentos a serem feitos. E no caso de alguma emergência odontológica, os valores são baixos em relação ao preço habitual dos tratamentos.

Quais problemas eu posso enfrentar após contratar um plano odontológico?

Um dos maiores problemas enfrentados pelos clientes de um plano odontológico é a possibilidade de descredenciamento do seu dentista ou da clínica que utiliza habitualmente. Isso pode ocorrer até mesmo no meio de um tratamento. Para que isso não ocorra, entre em contato com a operadora de seguros de saúde bucal e tenha a garantia de um tratamento finalizado, mesmo ocorrendo esse descredenciamento.

Quais os cuidados que devo tomar ao contratar um plano odontológico?
  • Pesquise os valores cobrados por cada plano e quais são os tratamentos cobertos.
  • Se informe sobre quais tratamentos não são cobertos pelo plano, tendo em vista que alguns procedimentos são vistos como estéticos — por isso não fazem parte dos planos.
  • Saiba se a abrangência do plano é nacional, municipal ou regional. Isso influenciará no valor total do plano, mas também nas restrições por área atendida.
  • Pesquise sobre o tempo de carência de cada plano ofertado a você. Se não possui nenhuma emergência ou tratamento marcado, você pode esperar um pouco mais e economizar.

Afinal, vale a pena ou não?

Sim, um plano odontológico vale a pena. Mesmo consultando-se com o dentista uma vez por ano — o que não é a prática recomendada — os tratamentos convencionais saem mais caros que todos os meses pagos nos planos odontológicos.

O plano odontológico é ideal para quem quer economizar e cuidar da saúde. Há diversas modalidades desse plano e uma delas irá se encaixar perfeitamente em suas necessidades e nas necessidades de sua família.

Ficou com dúvidas? Gostou das informações? Conta para a gente aqui nos comentários, que teremos o maior prazer em lhe responder!

Clique aqui e solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos.