Ligue Agora! (11) 4902-9052

3 cuidados que você precisa ter com a sua gengiva

No dia a dia, os cuidados com a gengiva devem ser tão intensos quanto os demandados para os dentes, visto que a harmonia desse conjunto é fundamental para a saúde bucal. Enquanto a gengiva é o tecido de sustentação, os dentes são responsáveis pela mastigação.

Uma gengiva saudável é aquela que possui uma tonalidade vermelha-clara, apresentando um colarinho branco próximo aos dentes, chamado de gengiva marginal ou livre. Além disso, não sangra facilmente.

Sendo assim, é crucial mantê-la em equilíbrio para não acarretar doenças locais, como halitose e gengivite, ou facilitar na disseminação de infecções oportunistas — situação que pode agravar o estado de saúde de uma pessoa.

Pensando nisso, neste post, daremos 3 dicas valiosas de cuidados com a gengiva. Fique por aqui e confira!

 

1. Escove os dentes corretamente

Para manter gengivas saudáveis é fundamental intensificar a higienização dos dentes. Para tanto, é importante adquirir uma escova de cerdas macias e fazer movimentos verticais da gengiva para os dentes.

Assim é possível remover a sujeira desde a gengiva, impedindo acúmulo de detritos que podem infeccionar o tecido gengival ou infiltrar-se para a polpa do dente, causando diversos transtornos ao paciente.

Ressalta-se que a limpeza deve ser feita obrigatoriamente após as principais refeições, mas algumas pessoas são cautelosas e levam consigo um kit contendo escova, creme e fio dental, a fim de realizar a escovação longe de casa.

 

2. Use fio dental com frequência

O uso do fio dental é essencial para manter a gengiva saudável, na medida em que ele retira os resíduos que ficam presos entre os dentes. A remoção de restos de alimentos com esse acessório pode ser feita antes ou depois da escovação.

Além do mais, o fio dental deve ser passado por todos os lados dos dentes, em movimentos firmes e contínuos. Isso deve ser feito em toda a arcada, principalmente nos molares, que estão localizados no fundo da boca.

Caso ocorram pequenos sangramentos na gengiva, é fundamental continuar a limpeza e, em seguida, fazer um enxágue bucal. Isso porque frequentemente a retirada de resíduos perfura pequenos vasos sanguíneos, o que pode, em um primeiro momento, causar susto.

 

3. Faça avaliações dentárias periódicas

A escovação diária e o uso de fio dental são condições essenciais para manter uma gengiva saudável, porém uma avaliação periódica do profissional é indispensável para prevenir e identificar doenças gengivais.

O dentista diagnosticará as gengivas com aspectos patológicos, tais como: gengiva com aspecto de casca de laranja, gengivite e outras doenças periodontais. A gengivite, quando não constatada precocemente, pode evoluir para periodontite e causar infecções graves.

Ademais, muitos planos odontológicos já incluem as consultas para tratamento ortodôntico e de higienização dos dentes, pois consideram essa etapa como preventiva para o desenvolvimento de doenças dentárias. Nesse sentido, é crucial fazer uma limpeza dentária regularmente com profissionais qualificados e seguir as orientações que forem passadas durante as consultas. Assim, você manterá uma gengiva saudável e isenta de micro-organismos.

Os cuidados com a gengiva devem ser contínuos para evitar doenças. Eles são básicos e podem ser realizados sem acessórios complexos, contudo exigem disciplina e organização para a escovação diária e a utilização do fio dental.