Ligue Agora! (11) 4902-9052

Aprenda a reconhecer os sinais da depressão

Detectar os mais comuns dos sinais da depressão nem sempre é fácil, pois muitos deles podem ser confundidos com outras doenças ou problemas de saúde, ou estar relacionados ao estresse do dia a dia.

Os riscos de desenvolver essa doença, que atinge mais de 300 milhões de pessoas em todo mundo, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), sendo 11,5 milhões de brasileiros, é maior em quem possui histórico familiar. Porém, maus hábitos cotidianos também podem desencadear esses sintomas.

Como os sinais da depressão são contínuos, a seguir vamos listar e explicar os principais deles para que você possa aprender a identificar essa doença o quanto antes. Confira:

 

1. Distúrbios de sono

O sono é um dos principais aspectos sinalizadores da depressão. Noites mal dormidas, sono insuficiente ou insônia provoca alterações químicas e metabólicas desencadeadoras de desequilíbrios físicos e psicológicos, mudanças de humor, irritabilidade e cansaço excessivo, sintomas precursores da doença.

 

2. Tristeza profunda

Quem nunca ficou triste ou desanimado com algo? Isso é normal e faz parte da vida. O problema é quando esse quadro se torna frequente e profundo, e a pessoa não encontra ânimo e interesse para levantar da cama, ir ao trabalho, estudar, sair de casa ou para realizar tarefas simples do dia a dia, afetando toda a dinâmica de seu cotidiano.

 

3. Baixa autoestima

Quem, geralmente, não está contente com aquilo que vê em frente ao espelho ou sente-se inferior em relação àqueles que estão a sua volta, seja por motivos físicos ou intelectuais, tende a apresentar sinais de depressão e ansiedade desencadeados por conta da autoestima abalada, o que também pode gerar desleixo com a aparência, falta de interesse e disfunção sexual, além de perda de prazer pela diversão.

 

4. Pensamentos negativos

Conhece aquela perspectiva clichê do copo meio cheio ou meio vazio? Pessoas com sinais de depressão e que sofrem com esse problema, invariavelmente, apresentam pensamentos negativos em série e uma visão pessimista da vida, da família, dos amigos, do trabalho, do cotidiano, enfim, de tudo que está a sua volta.

 

5. Perda de apetite

A incapacidade de sentir satisfação provocada pelo quadro depressivo, além de prejudicar o sono e provocar uma série de anormalidades, também causa distúrbios alimentares, como a perda de apetite e a falta de prazer proporcionada pelo sabor, o aroma e a temperatura dos alimentos.

 

6. Isolamento social

A solidão é outro comportamento nocivo à saúde humana desencadeado pela depressão. Quem apresenta sinais da doença torna-se ansioso e inseguro em ambientes sociais, com muitas pessoas com quem precisam interagir, preferindo o isolamento de casa e evitando situações desse tipo.

Quem apresenta quaisquer desses sinais de maneira prolongada, por mais de duas semanas seguidas, deve procurar auxílio médico o quanto antes para diagnosticar a origem do problema e iniciar o tratamento da depressão o mais rápido possível para reverter esse quadro, que, nos casos mais graves, pode levar ao suicídio.

Este post te ajudou a identificar melhor os sinais da depressão? Então siga-nos no Facebook e no Twitter para receber outros conteúdos como este. Até a próxima!