Ligue Agora! (11) 3995-3736

Conheça agora os principais tipos de plano de saúde

Conhecer os tipos de plano de saúde e as melhores condições para o indivíduo e sua família é uma tarefa que exige muita pesquisa sobre as principais empresas do mercado, além de análises de orçamentos.

Nesse contexto, também é importante analisar os tipos de serviços ofertados no pacote, o tempo de carência e a modalidade de cobertura, para que a escolha seja a mais condizente com o perfil socioeconômico do contratante.

Devido à grande diversidade dos tipos de plano de saúde oferecidos pelas operadoras, é preciso buscar informações confiáveis para não selecionar uma proposta e se frustrar posteriormente.

Se esse for o seu dilema, continue a leitura e entenda mais sobre os diferentes tipos de plano de saúde existentes!

 

Tipos de plano de saúde

Os diferentes tipos de plano de saúde podem ser agrupados de acordo com diversas características: número de beneficiados, tipos de internação inclusas, extensão de coberturas etc. A seguir, saiba mais sobre cada uma dessas categorias:

Classificação por grupos

A primeira classificação dos planos de saúde se refere ao número de pessoas que serão beneficiadas pela proposta. Nesse contexto, existem os planos de saúde individuais ou familiares e os planos coletivos por adesão ou coletivos empresariais.

A primeira modalidade pode ser feita tanto para um indivíduo quanto para a família toda, incluindo filhos naturais ou adotivos na cobertura dos serviços clínicos e laboratoriais.

O plano coletivo por adesão é aquele em que o indivíduo mantém uma relação profissional de caráter classista ou setorial com a empresa, e que decide utilizar os serviços de saúde por meio desse vínculo.

A diferença entre esse e o plano coletivo empresarial é o tipo de relação trabalhista: o plano empresarial é voltado para profissionais com vínculo empregatício ou estatutário.

Classificação por internação

As coberturas em saúde podem ser classificadas quanto ao regime de internação, que pode ser ambulatorial ou hospitalar. Na primeira modalidade, os custos de serviços ambulatoriais estão contemplados e envolvem consultas, pequenos procedimentos clínicos e outras atividades menos complexas.

O plano de saúde hospitalar abrange situações clínicas complexas como cirurgias, procedimentos diagnósticos invasivos, transferência de pacientes para centros médicos mais avançados, dentre outras possibilidades.

Ressalta-se que a linha entre o serviço ambulatorial e hospitalar é tênue, pois alguns processos ambulatoriais podem necessitar de serviços hospitalares, principalmente em casos que envolvem risco de morte do indivíduo.

Classificação por coberturas

Ao optar pela contratação de um plano de saúde, o indivíduo deve ter em mente de quais serviços ele necessita e por quais ele opta por conforto e comodidade. Sendo assim, um pacote pode incluir atividades ambulatoriais e hospitalares, enquanto outros são mais restritos.

Além disso, no ato da contratação, deve-se avaliar se a internação se fará em apartamento individual ou em espaços ambulatoriais coletivos, enfermaria, que abrigam diversos pacientes em recuperação em um mesmo ambiente.

Da mesma forma, é importante analisar se o contrato abrangerá doenças previamente diagnosticadas e os tipos de terapias contempladas, pois isso será fundamental na escolha do plano.

Reconhecer as diferenças entre os tipos de plano de saúde é crucial para tomar a decisão certa. Fatores como a cobertura de serviços, número de indivíduos que serão contemplados, tipo de acomodação etc. são fatores a serem considerados nesse momento. Sendo assim, cabe ao contratante fazer uma pesquisa extensa antes da escolha.

Se, mesmo depois de ler o post, você ainda tiver dúvidas quanto aos tipos de plano de saúde, entre em contato conosco. Teremos prazer em esclarecer seus questionamentos e ajudá-lo a encontrar o melhor plano para você e sua família!

 

Clique aqui e solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos.