Ligue Agora! (11) 4902-9052

Entenda como funciona o plano de saúde internacional

Escolher um plano de saúde internacional é uma tarefa complexa e deve ser feita com cautela, a fim de evitar contratempos durante a permanência em outros países. Essa modalidade de serviço pode ter abordagens diferentes das que são conhecidas no Brasil.

É importante investigar as empresas operadoras de plano de saúde, corretora, solicitar opinião de amigos e analisar a proposta mais vantajosa do ponto de vista assistencial e financeiro.

Se você deseja entender como funciona o plano de saúde internacional, não deixe de ler nosso post de hoje para ficar por dentro de informações bastante relevantes. Boa leitura!

 

A quem se destina o plano de saúde internacional?

O plano de saúde internacional tem mais utilidade para pessoas que:

  • fazem viagens frequentes;
  • passam temporadas viajando a trabalho;
  • possuem residência em outros países, entre outras situações.

A maior permanência em países estrangeiros tende a aumentar bastante a possibilidade de utilizar os serviços clínicos nesses lugares. Além do mais, dependendo da condição clínica do viajante, possuir um plano de saúde internacional é extremamente necessário.

Idosos, pessoas com doenças crônicas e outras que sofrem constantemente com as mudanças climáticas dos países estrangeiros são candidatas a manter um plano de saúde internacional, devido à maior probabilidade de adoecer.

 

Quais são os benefícios desse tipo de plano de saúde?

Os benefícios do plano de saúde internacional são os mesmos obtidos em um plano feito no Brasil. A diferença está:

  • nas cláusulas descritas no contrato;
  • no tempo de carência;
  • na necessidade do indivíduo.

Sendo assim, os planos podem ser individuais ou familiares, com cobertura mínima ou ampla de serviços e com particularidades que variam conforme os países contemplados, que pode exigir cuidados de saúde específicos.

Vale a pena ressaltar que o maior benefício do plano de saúde internacional é a possibilidade de viajar tranquilo e sem se preocupar com problemas de saúde imprevistos, capazes de prejudicar o orçamento destinado à permanência no país visitado.

 

Quais informações devem ser observadas no contrato?

Os serviços em saúde são organizados de forma diferente nos diversos países. Enquanto para alguns a chamada “porta de entrada” são os hospitais, para outras localidades, é imprescindível uma avaliação do “médico da família” antes de qualquer diagnóstico ou intervenção.

Ao contratar um plano de saúde internacional, é importante que o indivíduo entenda um pouco dessa organização para não ficar surpreso com a logística de saúde de alguns países. Além disso, vale a pena analisar quais os custos podem ser contabilizados dentro do plano de saúde, tais como:

  • medicamentos;
  • órteses e próteses;
  • transporte internacional de pacientes;
  • cirurgias de alta complexidade etc.

O plano de saúde internacional é um tipo de contrato destinado a indivíduos que viajam frequentemente, possuem residência em outros países ou passam temporadas em localidades diferentes de sua origem. Essas pessoas devem se precaver com uma cobertura de serviços de saúde, para que a permanência no destino não seja prejudicada por preocupações e imprevistos.

 

Clique aqui e solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos.