Ligue Agora! (11) 3995-3736

Plano de saúde ambulatorial: saiba como funciona e veja se é a melhor opção para você

Não importa a idade ou o momento da vida: nós sempre podemos ser surpreendidos por doenças e emergências inesperadas.

Nesses casos, a máxima “saúde vem em primeiro lugar” nunca foi tão verdade. Para não sermos pegos de surpresa, é importante investir em planos de saúde completos, como o plano ambulatorial.

Quer quer saber como funciona essa modalidade e qual é a melhor opção para você e para a sua família? Continue a leitura e tire suas dúvidas:

 

Quais são os principais planos de saúde do mercado?

Hoje, existem vários tipos de plano de saúde. Cada um deles é adaptado para as diversas realidades, oferecendo vantagens e desvantagens para o contratante.

Entre os principais, podemos destacar o plano ambulatorial, o hospitalar sem ou com obstetrícia, o de referência e o odontológico. Escolher entre cada um deles vai depender de sua idade, estilo de vida e necessidades da sua família.

O plano de saúde ambulatorial compreende consultas médicas e exames complementares, sejam eles realizados em consultórios, clínicas ou ambulatórios. É o mais importante para a prevenção e tratamento dos mais diversos tipos de doença.

Já os planos hospitalares cobrem o atendimento e a internação em unidades hospitalares. Os planos odontológicos englobam o tratamento dentário, enquanto os de referência são os mais completos de todos e, portanto, um pouco mais caros.

Também já existem planos de saúde específicos para animais de estimação para garantir o bem-estar de seu pet.

 

Como funciona o plano de saúde ambulatorial?

Além das consultas e exames, o plano ambulatorial também inclui o tratamento e outros procedimentos ambulatoriais. É nele que você poderá marcar consultas com diversos médicos para fazer exames de rotina e identificar possíveis doenças e problemas de saúde.

É obrigação do plano cobrir consultas médicas ilimitadas de acordo com valores e regras definidas em cada modalidade. Eles também devem apresentar consultas e sessões com psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, nutricionistas e, em alguns casos, fisioterapeutas.

O plano ambulatorial também oferece atendimento de emergência nas primeiras 12h do evento. Os exames que não demandam permanência no hospital são cobertos nessa modalidade, mas ela não inclui procedimentos exclusivos da cobertura hospitalar.

As regras específicas de cobertura, quantidades e carências são definidas por legislação específica e pelos detalhes no momento da contratação. Existe também um rol de procedimentos e eventos de saúde regulado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

 

O que é plano de saúde ambulatorial + hospitalar?

Uma dúvida bastante comum é a contratação do plano ambulatorial combinado com outras modalidades, como o hospitalar. Essa opção é ideal para quem não quer ter dor de cabeça em momentos de emergência.

O plano de saúde hospitalar irá garantir toda a atenção em momentos de emergência, com um número ilimitado de diárias. Ele também inclui a internação em UTI e uma série de outros atendimentos.

Eles podem ser de dois tipos: com obstetrícia e sem. O primeiro compreende o atendimento da mulher durante o parto, além de assistência ao recém-nascido durante 30 dias após o nascimento.

Recomenda-se escolher essa opção se você ainda pode ter filhos, mesmo que não esteja em seus planos. Assim, caso ocorra uma gravidez, mesmo que inesperada, você terá toda a segurança.

A combinação do plano ambulatorial e hospital é a maneira mais segura de garantir que você e sua família fiquem bem, seja qual for a situação.

Se interessou pelo plano ambulatorial e demais modalidades, ou pretende alterar o seu plano? Entre em contato conosco e conheça as soluções que oferecemos: a sua saúde agradece!

 

Clique aqui e solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos.