Ligue Agora! (11) 3995-3736

Qual é a diferença entre plano de saúde e seguro saúde?

Com a precariedade do sistema público de saúde brasileiro não tem jeito: é preciso recorrer a serviços suplementares para garantir o bem-estar da sua família. Com várias opções de coberturas e carências, é comum surgir a dúvida: qual é a diferença entre plano de saúde e seguro saúde?

Continue a leitura deste post para entender o que difere as duas modalidades, quais são as características de cada uma e as vantagens e os benefícios a se considerar na hora de escolher entre plano de saúde e seguro saúde.

 

A importância do plano de saúde e do seguro saúde

Imagine a seguinte situação: um membro querido da sua família sofre um acidente e precisa fazer uma cirurgia com urgência. Para quem não tem um plano de saúde ou um seguro saúde, esse episódio que já é bastante desagradável por si só e pode se tornar um verdadeiro filme de terror.

Com o claro déficit na saúde pública do país, não contratar um serviço suplementar pode ser bastante arriscado. Esse serviço é a garantia que você terá acesso aos melhores profissionais quando mais precisar.

É pensando no seu cuidado e no cuidado com a sua família que a contratação de um plano de saúde ou de um seguro saúde torna-se indispensável. Mas qual dos dois escolher?

 

A diferença entre plano de saúde e seguro saúde

Plano de saúde e seguro saúde possuem algumas semelhanças e diferenças, que devem ser levadas em consideração na hora de contratar um deles.

Ambos são considerados sistemas de assistência médico-hospitalar, contendo a maior diferença na abrangência do contrato.

No plano de saúde você tem acesso aos profissionais conveniados à sua seguradora. Nele, você pode ter o abatimento total do valor que seria gasto, de acordo com a cobertura do seu plano.

Com o seguro saúde você tem a liberdade de escolher o atendimento com médicos não-conveniados, recebendo um reembolso pelas suas despesas.

 

As vantagens e desvantagens de cada modelo

À primeira vista, contratar um seguro saúde parece ser a melhor solução, já que oferece liberdade de escolha ao segurado, mas existem mais coisas que devem ser levadas em consideração.

Com a crise, o aumento de preço tem afetado todos os setores da economia, inclusive a área da saúde. O valor cobrado por consultas e exames tem sido cada vez maior, chegando a níveis altíssimos nos casos de tratamentos mais especializados.

Embora o seguro saúde ofereça o reembolso dos seus gastos médicos, muitas vezes o valor final ultrapassa o limite acordado em contrato e você acaba tendo que pagar a diferença.

Nesses casos, torna-se mais vantajoso consultar-se com a rede credenciada, como o que acontece sem custo adicional nos planos de saúde.

Nos planos de saúde, há a opção de contratação de modalidade individual ou familiar. Enquanto isso, nos seguros saúde predominam os contratos coletivos, sendo a disponibilidade de seguros individuais sujeita às regras vigentes naquele momento.

Ambos são regulamentados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS.

 

A opção mais adequada de saúde complementar

No final, deve-se observar quais são as suas necessidades e as da sua família antes de contratar o serviço. Essa análise vai permitir escolher a melhor opção para o seu caso!

Agora que você já sabe mais sobre a diferença entre plano de saúde e seguro saúde, entre em contato com um dos nossos consultores para tirar dúvidas e saber qual plano ofereceria o mais conforto e segurança para quem você mais ama!