Ligue Agora! (11) 4902-9052

Reembolso de consulta: entenda mais sobre o assunto!

Sabendo-se que as circunstâncias da vida são imprevisíveis, nada melhor do que contar com um plano de saúde que atenda a todas as necessidades, inclusive o reembolso de consulta.

Afinal, imagine que você esteja a 400 quilômetros de casa em razão de um trabalho e, de repente, comece a sentir fortes dores no peito. Ao ser atendido no hospital, recebe a notícia bombástica: a sua operadora não tem médicos credenciados no local.

E aí? É possível receber de volta o dinheiro investido no atendimento emergencial? Sendo um assunto delicado e com vários pontos divergentes, criamos este post para ajudar você a não ter sérios prejuízos por conta das situações adversas. Venha conosco e saiba mais!

 

Saiba quando é possível receber o reembolso de consulta

Duas situações podem ser reembolsadas: emergências e urgências. No primeiro caso, caracteriza-se quando existe risco de morte ou de lesão irreparável comprovada por um médico, como uma queimadura de terceiro grau, por exemplo.

Já as urgências são explicadas quando acontece um acidente pessoal ou por causa de problemas decorrentes da gestação, ou seja, ambas são situações que podem ocorrer em momentos totalmente inesperados.

Vale informar que o reembolso é assegurado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), desde que todos os critérios técnicos sejam respeitados, como veremos a seguir.

 

Descubra o prazo para o pedido do ressarcimento

Se você contratou um plano de saúde que não esteja na modalidade de livre escolha, certamente haverá a possibilidade de reembolso.  Frequentemente, o prazo de ressarcimento varia de instituição para instituição, mas a dica é fazer o pedido com no máximo um mês após o atendimento.

Como cada operadora conta com regras específicas, sempre é válido observar os detalhes do contrato para não ter indigestas surpresas. Entre eles, o prazo e documentos necessários na hora de solicitar o reembolso de consultas. Certamente, a nota fiscal do atendimento será sempre necessária, assim como a prescrição médica sobre o diagnóstico e serviço prestado.

 

Conheça o valor do ressarcimento

cobertura integral do valor pago pela consulta ou atendimento médico emergencial dependerá muito do tipo do seu plano de saúde e também dos detalhamentos apresentados no contrato. Por isso, o reembolso de consulta pode ser igual ou inferior ao valor gasto, ou seja, mais uma vez aconselhamos muita cautela no momento de escolher um plano.

Uma boa dica é sempre contar com a assessoria de uma corretora de planos de saúde que possa verificar todos os detalhes contratuais, evitando prejuízos ou reclamações futuras.

Isso porque, apesar de o Procon exigir a apresentação de uma tabela com os valores dos reembolsos, a ANS não obriga isso no conteúdo dos contratos. Portanto, se não houver um questionamento prévio, você poderá ser prejudicado na situação. Outro ponto importante a ser observado é sobre os reajustes das tabelas de reembolsos, que devem sempre seguir os índices de aumento anual cobrado pelos planos de saúde.

Ficando sempre bem informado sobre o reembolso de consultacontando com uma boa consultoria, certamente você fará as melhores escolhas, tendo o atendimento necessário, independentemente de onde esteja ou do que tenha sofrido.

E você, já foi pego de surpresa pela operadora de saúde? Deixe aqui o seu comentário e nos conte a sua experiência!

 

Clique aqui e solicite orçamento expresso. Entraremos em contato em 10 minutos.